Nosso Site MS A notícia em Angélica a um clique de você

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Alertas avançam e hospitais de MS já se preparam para coronavírus
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Alertas avançam e hospitais de MS já se preparam para coronavírus

Cercado por territórios suspeitos do novo coronavírus, Mato Grosso do Sul se prepara para utilizar toda rede de saúde disponível para tratar e conter os casos. Na Santa Casa, por exemplo, profissionais vão elaborar, a partir de amanhã, plano de contingência para lidar com possíveis pacientes vítimas da doença. Nota técnica emitida pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) dá prazo de 24h para as suspeitas serem comunicadas ao Estado.

Alerta em relação a disseminação da doença, iniciada na China, intensificou no Estado nesta terça-feira, com o anuncio do Ministério da Saúde quanto ao monitoramento de três suspeitas de coronavírus no País. Dois deles são em estados que fazem divisa com o território sul-mato-grossense, Minas Gerais e Paraná. No último, a secretaria estadual já descartou o caso. Casos são investigados ainda no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Paraná e Ceará.

Os riscos de infecção pelo nCoV-2019 avançam também sobre a fronteira do Estado, pois quadro de paciente é investigado também no Paraguai.

Diante do avanço da doença, a secretaria se prepara para utilizar toda rede de saúde para atender os possíveis pacientes. Apesar da SES contar com suporte técnico do corpo clínico do Hospital Universitário, em Campo Grande, a unidade não será a única a atender as demandas, pois a estrutura é limitada. “Precisamos pensar em outros níveis de alerta e não só a realidade de hoje”, explicou a secretaria em nota.

A orientação dada aos profissionais quanto ao fluxo da assistência é de que casos suspeitos, que estiverem estáveis, devem ser mantidos em isolamento no serviço de saúde, como UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), ou domicílio. Já os casos com evoluções graves, com necessidade de transferência, serão regulados via Central de Regulação Estadual para o serviço que naquele momento tiver condições de receber.

Hospital Regional, Santa Casa e El Kadri (privados) também estão entre os serviços que poderão receber casos suspeitos.

A Santa Casa irá reunir amanhã os profissionais de saúde do pronto-socorro, das UTIs (Unidades de Terapia Intensiva), enfermagem, fisioterapia, diretoria clínica e técnica para definir sobre qual será o plano de contingência de hospital para tratar os casos suspeitos de coronavírus. O protocolo produzido será enviado à SES.

24h – Secretarias de saúde dos 79 municípios do estado receberam nota técnica com orientações para suspeitas de infecção humana pelo novo vírus. Os casos prováveis e confirmados devem ser notificados em até 24 horas pelo profissional de saúde responsável pelo atendimento, ao Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS).

O documento pede atenção especial para casos de pessoas com sintomatologia respiratória e que apresentam histórico de viagens para áreas de transmissão local do vírus ou vínculo, ou seja, contato próximo com caso suspeito de 2019-nCoV nos últimos 14 dias

Os sinais e sintomas clínicos referidos são principalmente respiratórios. Por exemplo: febre, tosse e dificuldade para respirar.

Alertas avançam e hospitais de MS já se preparam para coronavírus

Fonte: CampoGrandeNews

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Alertas avançam e hospitais de MS já se preparam para coronavírus

Enviando Comentário Fechar :/

Artigos Recentes

Notícias da Capital