Nosso Site MS A notícia em Angélica a um clique de você

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Barbosinha defende papel da Funpema como ‘braço organizado’ da Saúde
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Barbosinha defende papel da Funpema como ‘braço organizado’ da Saúde

Fazer Saúde, gerir a coisa pública, é um desafio que exige muito mais do que apenas boa vontade; exige capacidade, preparo e a vontade realizadora de ver os frutos crescerem saudáveis. É isso que a gente vê quando constata o trabalho abnegado, despreendido, voluntário e humanístico da equipe da Funpema em Dourados”.

Barbosinha defende papel da Funpema como ‘braço organizado’ da Saúde

A afirmação foi feita, após visita às instalações da Fundação Cardiogeriátrica ‘Cel. José Alves Marcondes e Dr. Haroldo Pereira da Silva’, nesta segunda-feira (23), pelo deputado estadual Barbosinha (DEM-MS), autor, inclusive, de emenda no valor de R$ 50 mil destinada do Orçamento de 2018 como partilha da ação parlamentar em favor da instituição.

A Funpema foi criada por iniciativa do cardiologista Irineu Lemes da Rosa Filho, em novembro de 2003, aliado a um grupo de pessoas que não queria ficar indiferente ao sofrimento de pessoas idosas e carentes, quando mais necessitam de serviços médicos. “Os problemas acarretados pela idade combinados com uma situação econômica deficitária tornam estas pessoas mais vulneráveis, quando deveriam estar sendo protegidas e melhor assistidas”, defende o idealizador do projeto.

No local, que começou a funcionar em uma casa de madeira improvisada no endereço da rua Independência, 730, no Jardim Itália, agora transformada praticamente em um hospital, onde são realizados todos os serviços de assistência médica, social e filantrópica por meio de atendimento ambulatorial, exames laboratoriais e fisioterapia, já são contabilizados mais de 58 mil procedimentos nos primeiros oito meses deste ano.

No ano passado inteiro, a Funpema ofereceu quase 70 mil procedimentos – desse total, 57.100 exames laboratoriais, contra 128.473 no período de janeiro a dezembro de 2017. “Já chegamos a atender 12 mil pessoas por mês, ou seja, uma participação complementar efetiva para a sociedade douradense na área de assistência e preservação da saúde, sobretudo às pessoas idosas especialmente em cardiogeriatria”, como demonstrou o secretário executivo da Diretoria, Mauro Lange Tomasini.

Todos os serviços e procedimentos realizados pela equipe médica da Funpema, inclusive os de maior complexidade como Ecocardiograma, Eco Doppler Vascular, Eco Dopller de Carótidas, Eletrocardiograma, Holter, são realizados totalmente de graça aos pacientes idosos acima de 65 anos. A instituição também atende pelo SUS (o Sistema Único de Saúde) e mantinha sólida parceria com a Prefeitura na prestação de exames laboratoriais e fisioterapia, orientando e acompanhando a saúde dos idosos cadastrados na Fundação.

Barbosinha defende papel da Funpema como ‘braço organizado’ da Saúde

“Fiquei feliz porque temos uma instituição séria, transparente, disposta a oferecer os melhores serviços na área de saúde, com a dedicação de um corpo de profissionais da melhor qualidade, pronto para servir. E me comprometei em continuar ajudando esse trabalho, porque sei da responsabilidade que é cuidar da Saúde e com a experiência que tenho em gestão pública, saí dessa visita ainda mais motivado a dedicar todo o meu esforço pessoal para poder fazer mais pela minha cidade onde, com certeza, a Funpema sempre terá papel relevante, como um ‘braço organizado’ dos serviços de atendimento à população”, concluiu o deputado Barbosinha.

fonte: barbosinha.com

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Barbosinha defende papel da Funpema como ‘braço organizado’ da Saúde

Enviando Comentário Fechar :/

Artigos Recentes

Notícias da Capital