Nosso Site MS A notícia em Angélica a um clique de você

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Boulos insinua morte de Bolsonaro.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Boulos insinua morte de Bolsonaro.

A Polícia Federal intimou o ex-candidato a prefeito de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL-SP), para prestar depoimento no próximo dia 29, no inquérito aberto por ameaçar o presidente Jair Bolsonaro, com base na Lei de Segurança Nacional.

 

Depois de participar de um evento em frente ao Quartel General do Exército, em Brasília, em que manifestantes pediam intervenção militar, Bolsonaro afirmou: “Eu sou a Constituição”. A declaração remeteu à frase de Luís XIV, rei da França, no século 17, quando este falou “Eu sou o Estado”.

Boulos, líder do MTST – movimento que invade propriedades privadas -, se manifestou dizendo: “Um lembrete a Bolsonaro: “A dinastia Lu´s XIV acabou na guilhotina”.

Boulos insinua morte de Bolsonaro.

Professor de Filosofia, o invasor de propriedades deu um “show” de incompetência ao não citar que Luís XIV, depois de décadas no poder, não tinha apoio popular, o que não acontece com Bolsonaro.

Homem identificado como o Ascaris lumbricoides – espécie de nematódeo monoxeno da família Ascarididae –  da política brasileira, Boulos “vomita” frases, mas não sustenta argumentos históricos. O líder do MTST acredita que o inquérito, ao virar processo, vai “morrer” nas mãos de um dos ministros do Supremo Tribunal Federal e ele sairá  livre, leve e solto.

Fonte: Roteiro de noticías 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Boulos insinua morte de Bolsonaro.

Enviando Comentário Fechar :/

Artigos Recentes

Notícias da Capital