Nosso Site MS A notícia em Angélica a um clique de você

loader
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Coronavírus: Bolsonaro edita MP e destina R$ 5 bi para ministérios da Saúde e da Educação
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Coronavírus: Bolsonaro edita MP e destina R$ 5 bi para ministérios da Saúde e da Educação

O presidente Jair Bolsonaro editou nesta sexta-feira (13) uma medida provisória (MP) para abrir crédito extraordinário de R$ 5,09 bilhões para os ministérios da Saúde e da Educação para o combate à disseminação do coronavírus (leia a íntegra da MP).

Medidas provisórias são editadas pelo presidente da República e têm força de lei assim que publicadas no "Diário Oficial da União". Para se tonar lei em definitivo, porém, a MP precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional em até 120 dias.

Nesta semana, os ministros Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e Paulo Guedes (Economia) estiveram no Congresso e discutiram o tema com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Após o encontro, o líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), informou que a MP com a liberação dos recursos seria editada.

Destinação dos recursos
 
O texto define que os recursos deverão ser destinados ao "enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus".
De acordo com a MP, os recursos serão distribuídos da seguinte maneira:

-Fundo Nacional de Saúde: R$ 4,8 bilhões;
-Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares: R$ 204 milhões;
-Hospital das Clínicas de Porto Alegre: R$ 57 milhões;
-Fundação Oswaldo Cruz: R$ 20 milhões.
  
A MP cancela a destinação de R$ 4,8 bilhões para o Fundo Nacional de Saúde e de R$ 261 milhões para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.
Pelo texto da MP, os R$ 4,8 bilhões cancelados do fundo de saúde seriam destinados ao "incremento temporário ao custeio dos serviços de assistência hospitalar e ambulatorial para cumprimento de metas".
E os R$ 261 milhões cancelados do fundo da educação seriam usados no "apoio à infraestrutura para a educação básica".

Coronavírus
 
Ao todo, já são 107 casos confirmados de coronavírus no país. Além disso, há outros 1.485 suspeitos; 1.344 já foram descartados.
Nesta semana, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou pandemia, isto é, reconheceu que o coronavírus se espalhou por diversos continentes, com transmissão contínua entre as pessoas.

Fonte: G1

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Coronavírus: Bolsonaro edita MP e destina R$ 5 bi para ministérios da Saúde e da Educação

Enviando Comentário Fechar :/

Artigos Recentes

Notícias da Capital